Prejuízos que a sua empresa pode ter por falta de um Programa de Compliance

Publicado em: 23 julho de 2021
Compartilhar:

Cada vez mais as empresas sentem a necessidade em investir em um Programa de Compliance, pois ele afeta diretamente na imagem da empresa para clientes e sociedade. Estar em Compliance é estar em conformidade com a legislação, atos regulatórios, regulamentos internos, ética, regras de conduta da empresa e regras sociais e morais.

Desde as micro e pequenas, até as empresas multinacionais, todas estão aptas a desenvolverem um programa de compliance, ou seja, um conjunto de ferramentas, mecanismos e normas, que visam ações de transparência, evitando atos ilegais e corrupção, seja na esfera pública ou privada.

Mas como, efetivamente, o Programa de Compliance afeta as empresas?

Nós listamos os prejuízos que a falta de um programa de Compliance pode acarretar e os benefícios que ele pode trazer, para que os empresários possam visualizar com facilidade os impactos dele.

A falta da implantação de um Programa de Compliance robusto e efetivo pode acarretar em custos significativos não esperados para a empresa, como:

  1. Reparação integral do dano/indenizações;
  2. Multas e penalidades – de 0,1% a 20% do faturamento bruto da empresa ou de R$6 mil até R$60 milhões, quando não for possível calcular o faturamento;
  3. Contratação de consultores e advogados para condução de investigação interna;
  4. Contratação de monitores, conforme exigência das autoridades; 
  5. Rescisão e suspensão de contratos; 
  6. Danos à imagem e reputação (incalculável), perda de cliente, fornecedores;
  7. Não participação em processos de licitação.

Já as empresas que aplicaram o Compliance na sua rotina, contam com benefícios como:

  1. Participação em licitações com o Poder Público;
  2. Evitar, detectar e travar o desvio ou irregularidade na empresa;
  3. Código de Ética efetivo, com esclarecimentos sobre condutas e interesses;
  4. Políticas e procedimentos internos com padrão de excelência;
  5. Autonomia, medição contínua, treinamentos, comunicação eficaz, análise permanente de riscos negociais e corporativos;
  6. Controle documental, o que acarreta em segurança de informações;
  7. Maior valorização de mercado, captação de oportunidades.

Acesse nossos outros materiais sobre o tema e saiba ainda mais sobre essa importante ferramenta:

E-book: Prejuízos que a sua empresa pode ter por falta de um Programa de Compliance
Matéria no blog: Compliance e o agronegócio
E-book: Compliance Contratual
Artigo: Pontos-chaves para observar na nova Lei de Licitações

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 1544794403391.jpg

TEXTO: Renata Tonial (Advogada da Área de Direito Internacional da Tahech Advogados)