A Inconstitucionalidade da representação fiscal para fins penais antes do término do PAF e o Fim do voto de qualidade nos julgamentos do CARF

Publicado em: 27 abril de 2022
Compartilhar:

Série Especial – Cortes do 1º Tahech Tributário

Neste episódio, o advogado especialista em direito tributário e CEO da Tahech Advogados, André Almeida Gonçalves, o advogado e sócio da Tahech, Fábio Rigo Bello e o Advogado e coordenador da área Tributária da Tahech, Francisco Niebuhr Neto, discutem sobre as teses tributárias em julgamento no STF: Inconstitucionalidade da representação fiscal para fins penais antes do término do PAF e o Fim do voto de qualidade nos julgamentos do CARF.

FICHA TÉCNICA
Especialista: André Almeida Gonçalves, Fábio Rigo Bello e Francisco Niebuhr Neto (respectivamente CEO da Tahech Advogados, Sócio da Tahech Advogados e Coordenador da Área Tributária da Tahech Advogados)
Roteiro, revisão e entrevista: Caroline Albertini (Coordenadora de Marketing da Tahech Advogados)
Edição: Kamila Santos (Analista de Marketing)